Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

UM PAR DE BOTAS

UM PAR DE BOTAS

Aqui há batatas fritas, cuidado!

Foi uma aventura brutal aquilo que se passou no passado sábado dia 27
de Janeiro de 2007.
Refiro-me à caminhada realizada pelo UMPARDEBOTAS (UPB) desde XERTELO até às  MINAS DOS CARRIS.
Iniciamos o percurso pelas 10h00m, o tempo estava frio mas nada fazia
prever que fôssemos encontrar neve. O grupo lá foi subindo e até
chegarmos ao Alto do Castanheiro cruzamos com 2/3 de subidas de tirar o
fôlego, principalmente àqueles que faltam ao treinos (hi hi hi !!)...
Depois o grupo dividiu-se em 2/3 (?) partes na recta (recta é um
insulto à subida do Salto do Lobo!!) final para subir às Minas. Aqui,
meus caros, é que se viu de que matéria é feita a vontade e esforço
com que estes caminheiros se bateram por aquela escarpa acima, contra
a neve, o gelo e o vento forte, que por acaso nos empurrava para cima.
Confesso que nesta subida esqueci completamente o cansaço pois o meu
instinto de sobrevivência se aplicou por inteiro a conseguir cumprir o
objectivo de chegar lá acima, e quando já em segurança ao olhar para
traz pensei, foi duro... Mas estou feliz...
Descemos até perto da Lamalonga para almoçar, perto das 15h, mas teve
de ser rápido pois o frio tirava o apetite. Começamos a descer, e
entretanto começou um aceso e agradável debate sobre a despenalização
do aborto entre o Medronho e a Esteva que se espalhou por mais algumas
pessoas. Passamos a Lamalonga, uma parte muito curiosa do percurso que
tinha uns pequenos bancos de neve espalhados em areia... Entretanto
começamos a dura (para os joelhos) descida da Laje dos Bois, mais
debate sobre o aborto, até ao Ribeiro do Penedo, estradão e o meu
querido carro para descansar...
Bom, confesso que foi uma caminhada muito dura mas que foi também
muito agradável com o magnífico convívio que esta malta já nos
habituou.
Um abraço especial ao Tempestade que me encontrou os óculos de sol!!

Troll
 
p.s.: total de caminheiros: 24!
publicado às 11:45

XERTELO- MINAS DOS CARRIS

No próximo sàbado, dia 27, subiremos aos CARRIS utilizando antigos caminhos de Pé-Posto utilizado pelos pastores e pelos contrabandistas aquando da guerra civil espanhola.

 

Para que esta actividade seja efectuada em segurança, tendo em conta as condições climatéricas, foram pensados pontos de avaliação (P.A.) e percursos alternativos.

 

 

Começaremos na aldeia de XERTELO (às 9h00) e seguiremos o estradão que segue para Norte (3 km) até encontrarmos o estradão do Porto da Laje-Paradela - 1º PA . Neste local avaliaremos o terreno e as condições.

- Se possível, seguiremos em frente, começando uma subida lenta de 3 km até ao Alto do Castanheiro (Marco Geodésico - MG). Daqui temos uma visão a norte da Nevosa e paredão da lagoa dos Carris, a NW do Edifício da lavagem das Minas a Oeste, a Laje dos Bois, o Borrageiro II e os Coções, para Nascente a Capela de S.João e Pitões das Júnias .

Iniciaremos a descida para a Ribeira das Negras e a meio desta teremos o 2º PA .

- Se possível, continuaremos a descida até ao Vale. Aqui viramos à esquerda e passaremos a Norte do Pico da Matança (MG). Temos aqui o 3º PA .

- Se possível, encetaremos a difícil subida do Salto do Lobo até entrarmos nas Minas dos Carris.

 

Lugar de almoço (ETA: 3.5 a 4h) – Distancia percorrida +-10 km

 

Depois do almoço passaremos novamente pelo Salto do Lobo em Direcção aos campos de areia/neve da Lamalonga. Daqui subiremos um pouco até à Sesta da Lamalonga e iniciaremos é um ritmo lento e cuidadoso a descida da Laje dos Bois até ao Ribeiro do Penedo. Daqui será um pulo para o estradão que nos levará até Xertelo .

 

Hora prevista de Chegada: 17h00.

 

 

Aspectos técnicos:

Grau de Dificuldade (1 a 5): 4.5 

(será de Grau Extra – dependendo da quantidade de neve)

Distancia: 21 a 22 km

Tempo previsto: 8.00h

Desnível acumulado: 1000 m

Conselho: consultem a tag : “Conselhos úteis” ou “material na mochila”

 

-------------------------------------

Esta caminhada serve de treino para o Nevestrela 2007 e para a subida do Toubkal - pelo que, se propõe que os participantes nestas duas actividades, executem este exercício equipados com o material de Inverno e apetrechados com mochila de 40/50 lt mediamente carregada para habituação do corpo.

-------------------------------------

 

 

Pontos de encontro: 7h30m – Braga

                                   8h45m – Xertelo

                                    9h00 – INÍCIO (Impreterível)

 

 

Até sábado…

 

 

Àguia-Real

p.s: algumas fotos (3ª foto – Alto do Castanheiro) e descrição, vejam a parte inicial:

http://os-manos.blogs.sapo.pt/3320.html

publicado às 11:11

Mais sobre mim

imagem de perfil

AGENDA MENSAL

JANEIRO

7-8 SERRA DA ESTRELA

14 SERRA DO GERÊS

21 SANTO TIRSO

28 CAMINHA

FEVEREIRO

11 SERRA DO GERÊS

18 BARCELOS

25 AÇORES

25 CAMINHADA DE CARNAVAL

MARÇO

4 SERRA DO XURÊS

11 VIANA DO CASTELO

18 FAFE

18-20 PICOS DE EUROPA

20 ANIVERSÁRIO UPB

25-26 CHAVES

ABRIL

1 SERRA DO GERÊS

1 SERRA DA PENEDA

8 SERRA DO GERÊS

14 BAIONA

28-30 ALENTEJO

MAIO

1 ALENTEJO

13 MAIA

20-21 ANCARES

31 ANIV BLOGUE

JUNHO

3 PASSADIÇOS DO VEZ

3-4 SINTRA/SETÚBAL

10 SERRA AMARELA

15 GEIRA ROMANA

15-24 MARROCOS

24 LAGOAS DE BERTIANDOS

JULHO

1 CAMINHA

8 BUÇACO

19-23 PICOS DE EUROPA

AGOSTO

12-19 PICOS DE EUROPA

26-27 ACAMPAMENTO UPB

SETEMBRO

2 FAFE

9 SERRA DO GERÊS

10 SERRA DO GERÊS

16 ALFENA-VALONGO

21-30 AÇORES

OUTUBRO

5 PAREDES DE COURA

6-8 MUNIELOS-SOMIEDO

14 SISTELO

21 SERRA DO GERÊS

28 CARREÇO

NOVEMBRO

VIANA DO CASTELO

11 MAGUSTO UPB

18 SERRA DO GERÊS

DEZEMBRO

1-3 ARCOS DE VALDEVEZ

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D

Mensagens

subscrever feeds

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.