Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

UM PAR DE BOTAS

TRILHO DO CARREÇO

Caminheiros, Foram 4 os caminheiros (medronho, urtiga, pé-de-chumbo ex-giesta, e isabel) que participaram no PR 8 Amigos da Chão, em Viana do Castelo, Serra de Stª Luzia. Começamos a nossa subida à Serra eram já 10 horas. Estava um dia muito BOM para caminhar. A subida era um pouco acentuada, mas fez-se mt bem. Havia mt sombra. É um trilho bom para os dias de Verão. Paramos junto ao miradouro, para regalar as vista sobre Afife, Caminha e Stª Tecla (Galicia)...e uma enorme cobra +- 80 cm. No topo do monte encontramos alguns elementos dos "Amigos da Chão". Estavam a fazer limpeza, tratamento e pintura... dos 2 percursos (PR 8 e PR 9). Desde já agradeço as brochuras dos percursos cedidos pelos Amigos da Chão, muito obrigada! Almoçamos no ponto mais alto da Serra de Stª Luzia, junto ao marco geodésico (540 m). Estivemos parados pouco tempo, já que as moscas nesta zona eram muitas, muitas... Daqui para a frente foi um trajecto mt fácil (plano e a descer). Mas foi para mim a pior parte (dores nos joelhos, devido à descida). Foram 19km em 6 horas (com um grande imprevisto pelo meio). Ficamos à espera das fotos da Isabel. Tudo de BOM, p.s: no próximo sábado (em princípio) irei caminhar com os Amigos da Chão para a Serra Amarela (Gêres), quem estiver interessado, avise! p.s.: detalhes do percurso (retirado) dos Amigos da Chão: NÓS fizemos o sentido oposto. O percurso começa junto à sede da SIRC. Iniciamos a travessia da freguesia subido pela velha calçada do Caminho de Trás da Costa, até atingir o Alto do Mior, também conhecido como Miradouro das Bandeiras, com a sua ímpar panorâmica sobre a orla costeira. Atravessamos depois a Chão, passando pelo Viveiro da Fonte da Louçã. Continuamos até ao marco geodésico, denominado Talefe, com a altitude de 550m, que domina a serra e com uma vista que se espraia em todas as direcções. Depois de nova foto de grupo, iniciamos uma descida. Regressamos depois à Chã, tendo iniciado a descida para Outeiro. Descemos depois, por caminhos semi-destruídos pelas obras da auto-estrada, na direcção do Mezieiro, onde fizemos um pequeno desvio, para mais um troço radical, por calçada em avançado estado de abandono, tendo depois seguido para a Azenha do Maral, em perfeito estado de funcionamento. O percurso teve o seu final no Núcleo Museológico do Pão, no lugar de Além Rio. Este núcleo enquadra-se no projecto em curso da criação da Rede de Núcleos Museológicos de Viana do Castelo, que tem como objectivo a preservação, valorização e promoção turística do nosso património. A caminhada acabou junto à sede da SIRC - Sociedade de Instrução e Recreio de Carreço.
publicado às 09:30

Patrocínios

3 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

AGENDA MENSAL

JANEIRO

7-8 SERRA DA ESTRELA

14 SERRA DO GERÊS

21 SANTO TIRSO

28 CAMINHA

FEVEREIRO

11 SERRA DO GERÊS

18 BARCELOS

25 AÇORES

25 CAMINHADA DE CARNAVAL

MARÇO

4 SERRA DO XURÊS

11 VIANA DO CASTELO

18 FAFE

18-20 PICOS DE EUROPA

20 ANIVERSÁRIO UPB

25-26 CHAVES

ABRIL

1 SERRA DO GERÊS

1 SERRA DA PENEDA

8 SERRA DO GERÊS

14 BAIONA

28-30 ALENTEJO

MAIO

1 ALENTEJO

13 MAIA

20-21 ANCARES

31 ANIV BLOGUE

JUNHO

3-4 SINTRA/SETÚBAL

15-24 MARROCOS

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.