Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

UM PAR DE BOTAS

UM PAR DE BOTAS

Vouguinha

Relato de uma caminhada de Verão

 

8.44: Mensagem irritada do Zimbro: já chegamos e o café está fechado!! Onde podemos tomar o pequeno-almoço??? Resposta mental: o tipo está outra vez a gozar comigo, ihih! Pensa que eu acredito… Deixa-o estar, Maria Esteva. E deixei.

 

9.33: Cheguei ao ponto de encontro, o Zimbro gesticulava furiosamente, mas não emitia sons, tal era o estado de fraqueza, e o Grande Líder olhava-me com ar esgazeado de fome. Aí, vi a luz: ena pá, era a sério! Porém, provando que a formiga é pequena mas atravessa a montanha, os dois já tinham acordado a dona do café, e posto o pequeno-almoço a andar. Comeram uns, conversaram outros a matar saudades ou a conhecer upbotistas novos. E depois lá fomos, alegres e palradores como sempre, não a caminho de Viseu (ficava um bocadito fora de mão…) mas até Cedrim, partindo dali, do Carvoeiro.

 

Foi uma caminhada muito democrática (ou desorganizada? ou anárquica?): quem quis ser arranhado fez uma parte da Linha do Vouga que estava cheia de vegetação (a que pertence ao Concelho de Albergaria-a-Velha), quem não quis, foi pela estrada até à ciclovia (a parte da linha que pertence a Sever do Vouga). Quem quis, tomou banho debaixo da ponte do Poço de Santiago, quem não quis ficou deitado na areia a banhar os olhos na paisagem. Quem quis deixou-se estar na praia a desfrutar o sol e o rio, quem não quis continuou a caminhada até Paradela e Cedrim.

 

Pelo meio, passamos por cinco magníficos túneis de comboio, descobrimos que no meio do eucaliptal nacional ainda há viçosos nichos de carvalhos e castanheiros, vimos uma velha estação do Vouguinha, um apeadeiro e uma antiga fábrica de massas – os três edifícios lindíssimos e os três abandonados à mercê das intempéries e do vandalismo dos ociosos que parecem odiar o seu país. Comemos gelados (alguns comeram mais de um…), tirámos montes de fotos e conversámos, conversámos muito a estreitar laços.

 

Fizemos perto de 22 km aparentemente em linha recta, que aparentemente não exigiam muito de nós, mas chegámos ao fim de corpos cansados como ovelhas tresmalhadas (a imagem é disparatada, mas foi assim que eu vi a coisa) a ansiar por um bom banho naquele segundo sítio que víramos no início. Durante todo o dia o sol quente fez questão do nos acompanhar, porém, consoante a caminhada chegava ao fim e nós nos aproximávamos da pequena praia dos nossos desejos, o sol, por maldade, foi-se e deixou no seu lugar a promessa de chuva iminente… Raios e coriscos! Quem não tomou banho à hora de almoço praguejava interiormente: raios e coriscos! E não houve banho final, nem vindo dos céus, que a chuva haveria de chegar muito mais tarde. Mas houve sempre a já lendária boa disposição UPB, que no final de uma caminhada faz esquecer o cansaço e deixa na memória a lembrança de mais um dia bem passado!

 

Uma palavra final para os que se juntaram a nós pela primeira vez: portaram-se lindamente! Sejam sempre muito bem vindos!

 

Caminheiros do Vouguinha: Preguiça, Tíbia, Pato-Real, Medronho, Zimbro, Nogueira, Cebolinho, Barrosã, Calo, Passo Largo, Senhora do Monte, Quarto-Crescente,  Mamute, Mato e Esteva.

 

Esteva

P.S. Obrigada Cebolinho e Almocreve pela ajuda!

publicado às 15:00

Patrocínios

10 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

AGENDA MENSAL

JANEIRO

5-6 SERRA DA ESTRELA

12 MATOSINHOS

26 SERRA DA PENEDA

FEVEREIRO

9 MAIA

16 SANABRIA

23 VALENÇA

MARÇO

2 CARNAVAL UPB

9 SERRA DO GERÊS

16 VILA DO CONDE

20 ANIVERSÁRIO UPB

20-24 PICOS DE EUROPA

30 PÓVOA DE VARZIM

ABRIL

13 SERRA DO GERÊS

19 SERRA DE VALONGO

25-28 ALENTEJO

27 SERRA DO GERÊS

MAIO

1 SERRA DO GERÊS

4 CAMINHADA 1000

11 SERRA DO GERÊS

18 SERRA DO MARÃO

25 RIO AVE

28-31 AÇORES

31 CAMINHADA NOTURNA

31 ANIV BLOGUE

JUNHO

8 VIANA DO CASTELO

8-10 COSTA VICENTINA

15 SERRA DO GERÊS

22 SERRA DA PENEDA

29 SERRA DA ABOBOREIRA

JULHO

13-20 PIRENÉUS

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2005
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2004
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.