Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

UM PAR DE BOTAS

UM PAR DE BOTAS

9:38'39''88

Caminheiros, Foi sem dúvida a jornada mais dolorosa em que já participei. Foram quase 10 horas a caminhar. Apenas 1 hora de "tempo parado". Eu e o Pé de chumbo, fomos prós lados de Espanha, quer dizer pra Galiza:). Deixamos o carro junto à fronteira. Começamos a descer até Vila Meã, eram já 9:30. Como se diz "a descer todos os santos ajudam". Até Vila Meã foi muito fácil. Encontramos uns espanhois (na Geira) em sentido inverso que queriam ver os miliários com cara de mt cansados (estavam alojados nas Termas de Lóbios). Chegamos a Vila Meã e subimos até à Ermida da Shª do Xurez, uns 3km. Aí paramos para almoçar e ver a beleza da paisagem em redor. Foi relaxante esta pequena pausa. Começamos a subir até à Mina de las Sombras eram 12:15. O início é penoso. Depois é sempre, sempre a subir até ao cimo. É um percurso mt bonito de ver. O Pé de chumbo fartou-se de dizer" isto é que é lindo, lindo" "é de mais"... É verdade a paisagem é mt agradável. Com várias pequenas quedas de água..mt limpida. Chegamos às minas por volta as 14 horas (?). Estivemos a ver o local de trabalhos dos antigos mineiros galegos. Os seus instrumentos, as suas habitações, os seus pequenos campos de cultivo. Só não vimos foi o caminho de ligação às Minas dos Carris portugueses. Com as informações que tinhamos connosco não chegava para decifrar o problema. A solução foi mandar SMS ao sr. Miguel Moreira dos "Amigos da Chão". (Muito obrigada pelas sms's) Andamos num sobe e desce enquanto estavamos a espera da resposta. E foi a morte do artista:P.Ficamos mt cansados. Até que no cimo do monte (mt alto) vimos 6 caminheiros a descer em direcção às Minas. Ficamos a espera. Quando chegaram, e após umas trocas de informações/opiniões ficamos a saber que eram o grupo que tinham saído a quando a nós mas em sentido inverso (eles subir pelos Carris até às Minas). Despedimo-nos do grupo e íamos ver quem era o 1º grupo a chegar à Portela do Homem. Lá continuamos a subir, já com mts poucas forças (falo por mim). Chegamos ao cimo do Monte, e chegamos à fronteira. Curioso que um passo em frente a hora andava pra trás :P Tentamos olhar em redor para ver os "picos" dos Carris e nada, nada. Andamos às voltas e nada. As forças estavam cada vez mais em baixo, e então resolvi por termo à caminhada. Começamos a descer pelo mesmo caminho que subimos. Já estava a utilizar as forças de reserva. Mas o animo da descida deram-me forças. Chegamos a Vila Meã eram 18.30. Ainda tinhamos que ir até à Portela do Homem (+- 9 km). Pensamos pedir boleia ou apanhar um táxi..mas nada! Começamos a penosa subida até Portugal. Cada vez mais cansados, e tentando pedir boleira, parámos em Torneiros(?) para comprar água. Não havia, só gasosa (hihihi). Bem, já não bebia gasosa à anos, mas era o que havia para matar a mt sede. Por volta das 18:50 apareceu um táxi. E lá fomos serra acima até à Portela. Foram os 6 euros mais bem gastos nestes últimos tempos (apesar de ter sido cara a viagem). Chegamos a Portugal, e ao carro. Aleluia, aleluia..... Todos os musculos estavam a funcionar a 100%. As dores musculares começaram a ser cada vez mais fortes. Foram 9horas e 38 minutos a andar. É obra...de doidos!:P Lá pusemos as rodas em andamento em direcção a Vila do Conde. Chegamos às 21 horas (fizemos o percurso pela A3 e A7). Tinhamos saído de casa eram 7:30 da manhã. Vida dura! Mais uma vez não conseguimos completar o circuito: Portela - Vila Meã - Minas das Sombras - Carris - Portela. Fica para uma próxima...só não sei quando! Estou com muitas dores musculares (a Salta-pocinhas que vos diga), mas FOI uma Grande Aventura, lá isso FOI! Espero que o Pé de chumbo esteja melhor....hihihihi Boas caminhadas, p.s: não há fotos. Não temos máquinas fotográfica :(
publicado às 09:35

Patrocínios

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

AGENDA MENSAL

JANEIRO

4 SERRA DO XURÉS

11-12 SERRA DA ESTRELA

18 LIXA

FEVEREIRO

1 SERRA DO GERÊS

8 PÓVOA DE VARZIM

22 CARNAVAL UPB

MARÇO

7 SERRA D'ARGA

14-31 COVID 19

ABRIL

1-30 COVID 19

MAIO

1-30 COVID 19

31 ANIV BLOGUE

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2005
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2004
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D

Mensagens

subscrever feeds

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.